Compostela: Conheça a experiência de quem encarou o desafio

Santiago de Compostela é fruto de uma lenda...o descobrimento, no ano de 813, do sepulcro do apostolo Santiago, decapitado no ano 44, na Palestina.A noticia da descoberta do tumulo de Santiago espalhou se rapidamente pelas terras do Cantabrico,depois que uma luz sobrenatural indicou a um piedoso eremita o local onde estava o sepulcro.
Assim, o local que tinha sido ocupado por um cemitério da época romana passou a ser reconhecido nos textos medievais como CAMPUS STELLAE, que a partir de então ganhou o nome de COMPOSTELA.
Nosso amigo José Ghidini
Placa indicativa para os peregrinos se guiarem durante o percurso de quase 850Km.





Próximo da cidade de Burgos, Caminho de Santiago de Compostela, Espanha - região da Castela.





s A arqueologia demonstrou a real existência das tumbas romanas.Então desde a descoberta do tumulo, os prodígios e milagres e as aparições multiplicaram se, e os peregrinos vindos de toda a parte da Europa, prontamente começaram a traçar com a sua lenta marcha o Caminho de Santiago.Praticamente todas as vias de comunicação que existiam no momento serviram para chegar ao lugar santo de Compostela.

A descoberta do tumulo de um Apostolo era motivo mais que suficiente para promover longas e penosas peregrinações recompensadas com indulgencias e com a própria aprendizagem que resultava do Caminho.
Mais de mil anos se passaram e ate o presente milhares de peregrinos visitam a Catedral de Santiago, todos os anos.